R.E.M. : Blue

Yellow circus left the stakes a broken ropes world’s useless mug
The ties that bind, ha ha
I can be bad poet
Street poet
Shit poet
Kind poet too

Subway
Almost 4AM
Halloween night
Had enough to drink to make my own party
All my fellow writers in half costume, half asleep
Half silly, gone to seed

I don’t mark my time with dates, holidays, faded wisdom, locked karma holders
Convenient

I am made by my times
I am a creation of now
Shaken with the cracks and crevices
I’m not giving up easy
I will not fold
I don’t have much
But what I have is gold

I saw your face…

I sing in platinum
I dress in brass
I eat in zinc
Let it pass

Compare a toast
I like that
I understand courage
I still roll with the shout of a character I was married to today
I try to see outside myself
I understand the eyes
Excuse all the highs
Sorry
I am sorry
Ha ha

I like you, love you, every coast of you.
I’ve seen your eddies and tides and hurricanes and cyclones.
Low ebb tide and high, full moon.
Up close and distant.
I read you.
Look, the sky, the sea, the ocean, the sun, the moon.
Blue, blue, blue, blue, blue, blue, blue blue, blue, blue, blue, blue.
Naked and blue.

Breathing with you. Touch. Change. Shift. Allow air. Window open. Drift. Drift away. Into now.

I want Whitman proud. Patti Lee proud. My brothers proud. My sisters proud. I want me. I want it all. I want sensational. Irresistible.

This is my time and I am thrilled to be alive.

Living. Blessed. I understand.

Azul
O circo amarelo deixou suas estacas para o retrato inútil de um mundo de cordas rompidas
Os laços que prendem, haha
Posso ser um poeta tosco
Poeta de rua
Poeta de merda
Poeta gentil também

Metrô
Quase quatro da manhã
Noite de Halloween
Bebi o bastante pra dar minha própria festa
Todos os meus colegas escritores com meias fantasias, meio adormecidos
Meio tolos, buscando evadir

Não marco meu tempo com datas, feriados, sabedoria gasta, guardiões de carma secreto
Convenientes

Sou feito pelos meus tempos
Sou uma criação do agora
Abalado por rachaduras e fendas
Eu não sou de desistir fácil
Eu não vou me render
Eu não tenho muito
Mas o que eu tenho é de ouro

Eu vi seu rosto…

Meu canto é platina
Minhas roupas são bronze
Minha comida é zinco
Deixo tudo passar

Compare um brinde
Eu gosto disso
Eu entendo a coragem
Eu ainda curto o grito de um personagem com quem me casei ainda hoje
Eu tento ver pra fora de mim
Eu entendo os olhos
Perdoe as alucinações
Desculpe
Lamento
Ha ha

Eu gosto de você, te amo, toda a tua costa.
Eu vi teus turbilhões e marés e furacões e ciclones.
Altas e baixas marés, lua cheia.
Aqui perto e lá longe.
Eu te leio.
Olhe, o céu, o mar, o oceano, o sol, a lua.
Azul, azul, azul, azul, azul, azul, azul, azul, azul, azul, azul.
Nu e azul.

Respirando com você. Toque. Mude. Deixe o ar. Janela aberta. Vagar. Pra longe. Pro agora.

Quero que Whitman se orgulhe. Que Patti Lee se orgulhe. Que meus irmãos se orgulhem. Que minhas irmãs se orgulhem. Eu quero a mim. Eu quero tudo. Quero sensacional. Irresistível.

Este é o meu momento e estou feliz por estar vivo.

Vivendo. Abençoado. Eu entendo.

Taylor Swift : Red

Dia 22 de outubro( no Brasil só no dia 25 😦 ) é o tão esperado dia para os fãs de Taylor Swift , é a chegada do novo álbum chamado ” Red “, mas  enquanto ele não chega Taylor lança a cada semana uma faixa nova , e esta semana ela lançou fotos promocionais do seu quarto álbum :

 

 

 

 

Dia 22 também será o lançamento da edição limitada de tênis que levará o nome ” Red ” , uma parceria entre Taylor Swift e a marca de calçados Keds (ela virou  a embaixadora da marca , com um contrato de 3 anos ),ela já admitiu ser apaixonada pelos tênis da marca : “Eu sou fã dos modelos Keds há anos. Me lembro de usá-los quando pequena, ao andar de bicicleta na fazenda. Quando fiquei mais velha, voltei a usá-los “…

 

É enquanto nem o CD e nem o tênis chega nas lojas,vamos fica com o clipe de ” We Are Never Ever Getting Back Together ” , o primeiro single lançado do album :